SAIBA QUANDO MUDAR DE CATEGORIA ?

"Ser profissional ou não ser, eis a questão" que deixa muita gente em duvida na hora de seguir a diante ou segurar mais tempo na categoria que se esta.

Vamos falar um pouco sobre categorias e a duas formas que se descrevem estas posições. Aqui no Brasil o BMX Freestyle tradicionalmente se usa três níveis de categorias, iniciante, amador e profissional. Existem mais algumas como master, mirim, mas nesta matéria vamos focar apenas nas principais.

Foto: Profissional Andre Jesus

Existem dois jeitos em que você descreve cada categoria.

1°  O nível de manobra que você esta mandando, normalmente é uma referencia que determina a sua categoria. Até ai, em teoria parece fácil decidir.

A situação em que você, hoje, pratica o BMX. Não entendeu! Então eu te explico.

 

Primeiro vamos ver o que realmente significa estas três categorias.

 - INICIANTE:  Aquele que está começando a adquirir a experiência ou a prática de algo; principiante, novato.

 - AMADOR:  Aquele que exerce determinada atividade por puro gosto, sem remuneração,  apreciador, entusiasta.

 - PROFISSIONAL: Aquele que tem como profissão, responsável, dedicado e aplicado no cumprimento do seu ofício.

 

É claro que tudo isso é muito relativo, muito fácil encontrar garotos sem experiência nenhuma de competição (Iniciante) com um role já bastante considerável para competir com os amadores.

E também atletas com um nível de role altíssimo competindo com profissionais sem ter o BMX como profissão.

Mas de qualquer forma é importante que estas informações sejam levadas em conta na hora de você decidir quando deve subir de categoria.

Entender que a subida precoce de uma categoria, pode atrapalhar uma carreira ou seus planos.

Cada categoria tem suas finalidades, como uma escada, você deve subir degrau a degrau com os pés firmes e somente subir para o próximo degrau quando você estiver certo e preparado para o próximo.

“Uma vez que você subiu de categoria e competiu, você não pode voltar mais para a categoria abaixo.”

 Não existe uma regra que te obrigue a fazer isso. Mas este comportamento é MORALMENTE usado pelo BMX em qualquer lugar do MUNDO.

Você estaria DESRESPEITANDO os outros atletas e até mesmo a organização do evento, quando em uma competição você se escrever  em uma categoria, e na próxima você descer de categoria por conveniência. ( Malandramente ). 

Bom, agora que você já sabe, que uma fez que você tomar a decisão de subir de categoria e competir, você não pode mais voltar, ficou mais difícil fazer esta escolha. Mas vamos te ajudar.

Pense da seguinte forma:

Foto: Iniciante Demetrios

INICIANTE: Você tem poucas manobras, nunca competiu, não sabe nem como se comportar na hora da sua volta. Aproveite para sentir a pegada de uma competição, a adrenalina somada com a pressão de ouvir que é a sua vez de andar. Se concentre no que você vai fazer na sua volta, e vá em frente.


Foto 2011 : Amador Jefte Costa

AMADOR: A categoria com a maior margem de níveis em qualquer esporte. Você vai encontrar amadores precoces com muita manobra e pouca experiência de competição, e também amadores poucas manobras e muita experiência. Esta é a hora que você deve buscar as duas coisas, manobras e experiência para fazer uma boa volta, estudar a melhor linha ou estratégia, tomas as decisões certas na hora certa, e não ficar nervoso, para não estragar tudo isso. ( aiiii ficou difícil ).

Aproveite para competir bastante, pegar bons pódios e se preparar para encarar a próxima fase.


Foto: Profissional Andre Jesus

PROFISSIONAL:  Este é o momento que você tanto sonhou, sempre achou que era só andar muito bem, e já era o suficiente para viver o BMX. (Só que N...) 

Estamos falando de um esporte individual, autônomo, como ser chefe de uma empresa. Você tem que cuidar de tudo que representa e que faz de você um profissional.

Administrar os seus treinos, alimentação, patrocinadores, viagens, campeonatos, inscrições, mídia e ainda ter que andar muito bem.  Na realidade existe uma serie de outros detalhes que implicam em ser um profissional, inclusive abrir mão de muita coisa para isso. 


 

É uma decisão que na maioria das vezes representa a aposentadoria de alguns atletas. Eles sobem precocemente a categoria profissional, e descobre uma realidade totalmente diferente do que se sonhava, então, infelizmente, aquele atleta que ama competição e é totalmente incapaz de viver o “life style” desiste absolutamente de subir em uma BMX.

Parece exagero, mas é a mais pura realidade. Atletas que imaginavam estar finalmente realizando um sonho, subindo para a cat. Profissional, descobrem que  ainda existe uma longa e interminável batalha pela frente. ( agora eu exagerei ) Na verdade uma rotina comum de todo profissional de esporte individual.

Espero te ajudado você em alguma coisa com esta materia. 

Aproveita para seguir o BMX20 tambem no Intagram e FanPage  ( @bmx20oficial )

Boa sorte amigo e até a próxima.


Calendário de Eventos